Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Primeira Poesia





Passa o tempo


Passa dia, passa ano
E eu aqui te esperando
Sem você pra eu ver
Como eu queria te esquecer

Continuo aqui escrevendo, rimando
Mas você nem se importando
Como eu queria que você ligasse
Como eu queria que você voltasse

O tempo sem você, passa muito devagar
Sem você pra me ajudar
O dia inteiro passar

O tic-tac do relógio continua
Passa dia, passa ano
E eu aqui te esperando 

Nenhum comentário:

Postar um comentário